Set list do Pearl Jam no Chile: o que os fãs brasileiros podem esperar

Mal o Pearl Jam chegou ao Chile para uma extensa turnê na América Latina, Eddie Vedder já causou frisson ao viajar de classe econômica. Sim. Um dos maiores artistas do rock da atualidade viajou de classe econômica. Sinal de que o cara é, sim, nada afeito aos deslumbres da sua classe. Mais um ponto para esse cara excepcional!

eddie-vedder-rock-cabeca

No entanto, enquanto os fanáticos se entretiveram com o dia a dia de Eddie, que se esbaldou na terra do Concha Y Toro, amante dos bons vinhos que é, a maior expectativa por parte dos fãs brasileiros ficou mesmo por conta do primeiro set list da tour do Pearl Jam na América Latina, em Santiago, no Chile.

pearl_jam-no-chile-rock-cabeca

Como já é de praxe, Eddie Vedder divulgou o set list minutos antes do show, à caneta mesmo. Para quem ainda não sabe, o Pearl Jam tem a tradição de definir o set list de acordo com o local em que irá tocar, jamais repetindo a mesma sequência de canções de cabo a rabo. Veja só como ficou a lista:

set_list_pearl_jam-chile-rock-cabeca

Como já era de se esperar, o primeiro e mais aclamado álbum, “TEN”, comparece em peso, para a alegria dos saudosistas. No entanto, o segundo álbum, “Vs.” passaria despercebido pelo set list, não fosse a presença proeminente da acústica “Daughter” e a empolgante “Rearview Mirror”.

Vitalogy“, quem diria, foi privilegiado pelos caras, que incluíram a maravilhosa dobradinha “Nothing man” e “Better Man“. Como se trata da turnê de divulgação de “Lightning Bolt“, obviamente que faixas como “Sirens” e a homônima “Lightning Bolt” não poderiam ficar de fora.

As habituais covers de John Lennon (“Imagine“), Pink Floyd (“Mother“), e, claro, Neil Young (“Keep on Rocking in the free world“) também apareceram na lista de quase 30 músicas e cerca de 2 horas e meia de duração. Para a estudante universitária de Juiz de Fora, Mariana Corrêa de Araújo, que está contando as horas para assistir aos shows de São Paulo, Rio e BH, o set list foi basicamente um “show de hits”, especialmente porque foi o primeiro e único no Chile:

“Previsível ter “Do the evolution”, “Betterman”, “Black”, “Daughter”, “Even flow” e “Given to fly”. Destaque maior do que o esperado pro cd novo, porém não teve nada do “No code” e nem “Riot act”.De surpreendente e maravilhoso teve “Light years” e “In Hiding”, bem como a cover “Leaving here” (The Who) e “Imagine”. Não tocar “Ederly woman from a small town” também é bem surpreendente, mas eu passo, assim como as clichês… Apesar de longo, o show não teve tantas musicas, porém algumas de maior duração (daughter, black, sirens…), o que é preocupante, porque, se lá não teve show de abertura e foi menor do que o usual, imagina no Brasil…” 

JÁ FEZ O QUIZ PARA TESTAR SEUS CONHECIMENTOS SOBRE PEARL JAM? 

Só lembrando que o Pearl Jam toca por aqui nas seguintes datas:

  • Porto Alegre, na Arena do Grêmio (11);
  • São Paulo, no Morumbi (14)
  • Brasília, no Mané Garrincha (17)
  • Belo Horizonte, no Mineirão (20)
  • Rio, no Maracanã (22)

A maior parte dos ingressos já se esgotou, mas você pode tentar a sorte no site da Tickets for Fun!

Reveja alguns dos melhores momentos do Pearl Jam no Brasil na nossa galeria:

 

Previous Image
Next Image

info heading

info content


 

E aí, qual sua expectativa para os shows do Pearl Jam no Brasil? Conta aí nos comentários e bons shows!!!!

pearl-jam-no-brasil-rock-cabeca

DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO

ROCK CABEÇA no seu email!

Quer ler mais notícias como essa, diariamente?
Escreva seu email para receber todas as atualizações do site, direto na sua caixa de entrada. É gratuito e sem Spam

Não se esqueça de clicar no email de confirmação!

ROCK CABEÇA no seu email!

Que tal fazer parte da realeza do rock, com artigos exclusivos sobre os maiores astros e os melhores shows do mundo?

I’m the Prince of Darkness” - Ozzy

Não se esqueça de clicar no email de confirmação!