Caiçara Clã: banda de Santos conta com baterista do Charlie Brown Jr.

Fãs do hardcore melódico e órfãos de Chorão podem comemorar. É que a Califórnia brasileira acaba de parir um clã que, a julgar pelo primeiro álbum, chegou para ficar - e, por que não, causar. Estou me referindo ao Caiçara Clã, uma banda de músicos já conceituados da cena da baixada santista que se reuniu em função da amizade e da vontade de criar canções que falem direto aos corações juvenis, tal qual foi um dia a especialidade do Charlie Brown Jr.

Mazzi e Graveto Charlie Brown Jr
Mazzi compenetrado em estúdio: foto do Instagram oficial

O debut do Caiçara Clã apresenta oito faixas que seguem a cartilha de sucesso do hardcore melódico: letras reflexivas, mistura de gêneros (alternativo e eletrônico) e melodia contagiante. Para o carismático Mazzi, guitarrista e frontman da banda, as letras foram sendo rascunhadas ao longo da sua carreira de sideman, até que ele tomou coragem de mostrá-las para Bruno Graveto (ex-batera do Charlie Brown Jr.), que foi um dos que o incentivou a gravá-las, a ponto de topar participar de todo o projeto.

Além de Mazzi e Graveto, fazem parte do Clã: Cali (bateria), Serjones "BIG" (Baixo) e DJ Julius (Scratch/Samples). Todos eles com influência assumida da sonoridade "charliebrowniana". Para Mazzi, Santos continua pulsante em termos de hardcore:

Essa cena vive. É uma cena muito forte aqui da região, ela vive através dos músicos e artistas que fazem parte dela. Tem muitas bandas boas aqui em Santos. Charlie Brown Jr é uma influência para todos nós e eu trago isso nas minhas letras e nas minhas harmonias, é indiscutível.

Mazzi - frontman do Caiçara Clã

Timing perfeito: Marginal Alado e Caiçara Clã

Apesar do documentário sobre a trajetória de Chorão "Marginal Alado" de Felipe Novaes ter sido lançado em 8 de abril, Mazzi afirma que a proximidade com a data de divulgação do álbum, em maio, não foi algo premeditado: "ele ia sair de qualquer jeito, tava na alma e eu tava muito a fim de fazer". As gravações começaram em março de 2020, e, naturalmente, foram atrasadas pela pandemia de coronavírus. "Saiu no tempo exato, foi uma coincidência ter saído junto com o documentário que, por sinal, ficou incrível e me emocionou muito", relembra Mazzi. Na visão da banda, "Marginal Alado" é fiel ao que foi Chorão como pessoa.

Eu não tive muito contato com o Chorão na vida pessoal, eu o via mais em ação em cima do palco e eles realmente tinham uma vibe única, e a verdade que era passada através das letras e do som que é algo que eu tento também fazer.

Mazzi

Participação de Graveto

Um dos trunfos do Caiçara Clã é justamente contar com um integrante original do Charlie Brown Jr, o baterista Bruno Graveto, que fez parte da banda entre 2008 e 2013. Graveto conta que foi conquistado pela proposta de Mazzi.

Mazzi é um músico conhecido da cena musical da Baixada Santista e São Paulo e este é o primeiro trabalho autoral dele. Tocamos juntos tempos atrás e esse lado dele compositor ainda não conhecia. Fizemos uma reunião em casa, ele mostrou as músicas e achei muito interessante. Além da nossa amizade, parceria e confiança que temos um no outro, gostei muito da ideia dele e optei por produzir e gravar as bateras, o que veio a se tornar o primeiro disco do Caiçara Clã.

Bruno Graveto, baterista Caiçara Clã

Saudade: Graveto em foto clássica do Charlie Brown Jr (último da direita)

Ouça o álbum do Caiçara Clã (e pire):

Ficha Técnica:

Com produção musical de Felipe Vassão, Bruno Graveto e Mazzi, o novo trabalho traz oito faixas inéditas. São elas: "The Intro"; "Revendo Conceitos, Fazendo Histórias"; "Entre Filosofias e Escritas"; "A Brisa, a Onda e o Tempo"; " Despressurize", "Os Verdadeiros se Atraem"; "Arte Inacabada" e "Um bom Lugar".

Caiçara Clã – Mazzi (Guitarra e Voz), Bruno Graveto (Bateria), Serjones "BIG" (Baixo) e DJ Julius (Scratch/Samples)

Produção musical: Felipe Vassão, Bruno Graveto e Mazzi.

Produção artística: Bruno Paiva "Barba"

Mixagem: Otávio Rossato

Masterização: Hugo Silva

Produtores que também participaram das gravações: André Freitas,

Dinho Garcia e Luqdeejay.

E você, o que achou da sonoridade do Caiçara Clã? Conta pra nós aí nos comentários!

DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO

ROCK CABEÇA no seu email!

Quer ler mais notícias como essa, diariamente?
Escreva seu email para receber todas as atualizações do site, direto na sua caixa de entrada. É gratuito e sem Spam

Não se esqueça de clicar no email de confirmação!

ROCK CABEÇA no seu email!

Que tal fazer parte da realeza do rock, com artigos exclusivos sobre os maiores astros e os melhores shows do mundo?

I’m the Prince of Darkness” - Ozzy

Não se esqueça de clicar no email de confirmação!