Taylor Swift cancela tour e escapa do celeiro de variantes do Sars-CoV-2

Que não tá fácil pra ninguém desde que o crápula tomou a faixa presidencial com o Carluxo na garupa já deixou de ser novidade. Agora, quem investiu em passagem de avião, hotel e ingresso caríssimo para assistir a qualquer show internacional no malfadado 2020 está pagando o preço, ou melhor, está acumulando crédito para shows (bons) que não existirão aqui no celeiro do Sars-CoV-2, um país condenado ao isolamento internacional graças ao presidente negacionista, nosso Capitão Cloroquina.

#BRSwiftiesWantRefund
Não vai ter show. E a culpa é toda dele.

Nessa sexta-feira foi a vez da Taylor Swift dar o golpe final nos milhares de fãs que já imaginavam o pior quando ela simplesmente se despediu da fase Lover para enfileirar alguns dos melhores discos da sua carreira. Retomar a Lover FEST Tour neste momento seria a mesma coisa de o U2 executar um "Lemon" em meio à tour de Innocence + experience. Não que seja impossível, mas que soaria esquisito soaria...

O problema é que, diferentemente dos fãs de Billie Eilish, que tiveram sua grana devolvida dos shows de maio/2020 graças ao bom senso da cantora e da empresa EVENTIM, os Swifties brasileiros provavelmente ficarão à mercê de um crédito fajuto para apresentações de artistas do nível de Alexandre Pires e Gusttavo Lima, uma subcultura que não tem faltado no execrável cardápio da Tickets for Fun - cujas ações tiveram alta logo após a ligeira amenizada na curva de mortes do coronavírus por aqui.

#BRSwiftiesWantRefund
Cadê a menção ao reembolso?

Respaldados por lei e decreto estipulado pelo nosso escroque maior, a Tickets for Fun editou o comunicado nas redes oficiais da Taylor Swift, omitindo a menção a "refunds" e enxotou todo mundo para um formulário para a aquisição de créditos, com uma cara de pau de fazer inveja até em Pazuello. É claro que o clima de revolta em pouco tempo dominou o Instagram, Twitter e Facebook, com a criação até de uma hashtag para alertar a americana da bagunça que está sendo feita em seu nome pelos coronas: #BRSwiftiesWantRefund

E o que você acha de mais este imbróglio pandêmico? Acha justo cancelar sem reembolsar para ajudar super empresa a não perder lucro? Ou vai com todo gosto trocar seu ticket for desgraça por este show aqui?

Este é o nível dos shows oferecidos em 1 ano de muitas atrações pela Tickets for Fun

Ah, tá se perguntando se vai ter 32 litros de vodka pra aguentar o som? Aí já não sei, mas se quiserem reembolsar meu ingresso com álcool, eu vou aceitar. Afinal, o Brasil me obriga a beber desde o golpe de 2016.

Agora, que Taylor, um dos nomes mais poderosos da indústria de entretenimento, poderia fazer alguma coisa para pelo menos colocar a Tickets for Fun em seu devido lugar, ela poderia. Mas será que vai fazer alguma coisa por nós, que já somos carinhosamente chamados de "coronas" lá fora?

Deixe seu comentário abaixo sobre o cancelamento dos shows de Taylor Swift no Brasil !

DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO

ROCK CABEÇA no seu email!

Quer ler mais notícias como essa, diariamente?
Escreva seu email para receber todas as atualizações do site, direto na sua caixa de entrada. É gratuito e sem Spam

Não se esqueça de clicar no email de confirmação!

ROCK CABEÇA no seu email!

Que tal fazer parte da realeza do rock, com artigos exclusivos sobre os maiores astros e os melhores shows do mundo?

I’m the Prince of Darkness” - Ozzy

Não se esqueça de clicar no email de confirmação!