Caô de Rihanna no Rock in Rio 40 Graus

No penúltimo dia do Rock in Rio 2015,  nesse sábado, quem se destacou foi ele mesmo, o calor insuportável do Rio de Janeiro que transparecia no suor incontingente de cada artista que subia ao palco Mundo e Sunset. Respirando aliviado debaixo do ventilador no máximo, confesso que o show de Ultraje a Rigor e Erasmo Carlos quase entornou água no meu chope: já que a nova moda do Rock in Rio  é xingar a Dilma no meio do festival, Roger, do Ultraje a Rigor usava uma camisa provocativa “A gente não sabemos escolher presidente” . Isso é o que eu chamo de capitalizar um hit! E por falar em hit, há quanto tempo o Ultraje a Rigor não entrega um? Provavelmente há mais tempo que o medalhão Erasmo Carlos, um gigante vigoroso no meio da meninada.

roger-rock-in-rio-2015-rock-cabeca

 

Lulu Santos, que abriu a agenda do Palco Mundo, fez um show honesto e profissionalíssimo, que daria o tom às apresentações da noite. Com um discurso vigoroso contra a aberração do estatuto da família votado na Câmara Federal, Lulu enfileirou clássico atrás de clássico e ainda abriu espaço no set list para uma aparição meteórica de ninguém menos que Mr. Catra: não deu outra, a Cidade do Rock foi à loucura!

lulu-mr-catra-rock-in-rio-rock-cabeca

Sheppard

A novidade da noite, os irmãos australianos do Sheppard, fizeram o dever de casa das bandas que estreiam em grandes festivais e entregaram um show empolgante, que começou com o vocalista na tirolesa (alô, Jared Leto) e chamou a atenção de quem nunca havia ouvido falar dos caras. “Quem é essa banda? Gostei!”. A vocalista carismática de cabelos azuis em poucos minutos demonstrou que não tinha nada a ver com Katy Perry: conduziu o coro da galera pela passarela – e ninguém se questionou se a música era desconhecida ou não: sinal de que a banda veio para ficar… O único porém em relação à apresentação foi o figurino …

 

Sam Smith

Tímido, mas extremamente simpático, Sam Smith e suas bochechas rosadas chegou ao palco já mandando “I’m not the only one”. Com uma banda de respeito, elevou o nível da penúltima noite do Rock in Rio 2015, tocando o álbum de estreia de cabo a rabo, com direito à cover emocionada de “Tears dry on their own” de Amy Winehouse e fechando com chave de ouro com a premiadíssima “Stay with me“. Show classudo pra ficar na história!

 

Rihanna

Com um novo álbum no prelo e clipes ultra-polêmicos, Rihanna deixou todo mundo em suspense com relação ao seu habitual atraso. Depois de artistas pontualíssimos como Sheppard e Sam Smith, a expectativa era de que Rihanna cumprisse a programação do festival e entrasse à meia-noite, para um show de 2 horas. Tá certo…

CURTE A-HA? CONFIRA ESTE ARTIGO SOBRE A BANDA QUE FECHA O LINE-UP DO ROCK IN RIO 2015!!!

Meia hora depois do combinado, ufa, Rihanna apareceu no palco esfumaçado com uma indefectível capa alaranjada (um meme instantâneo), entoando uma canção propícia para a ocasião: “Rock Star“. O ritmo frenético das músicas denunciava pressa da cantora em percorrer todo o set list em tempo recorde, o que frustrou o público, apesar do vigor da apresentação que teve seu clímax justamente na execução de “Bitch better have my money” (com chuva de dólares sobre o palco) e “FourFive Seconds” – aquela em que ela faz duo com Kanye West.  Ah, sim, também sobrou espaço no enxuto set de 1 hora e 10 minutos para a versão pesada de “Umbrella“, e reclamações de Robyn sobre o calorão, conforme você pode ver no vídeo! Que Rihanna volte da próxima vez com um show menos corrido e mais demorado, sem caô, produção!

 

E você, curtiu os shows do penúltimo dia do Rock in Rio 2015? Conta pra nós nos comentários e não deixe de participar da nossa ENQUETE!!!!

rihanna-gif-rock-in-rio-2015-rock-cabeca

DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO

  • Lucas Flores

    Rock In Rio é o nome de uma marca, acho que cada edição está mostrando que esse festival não tem um estilo definido, a prova disso é o dia do pop com recorde de publico, além disso muita gente na internet está fazendo campanha para ter um dia dedicado ao sertanejo.

    • Thaís

      Teu c…! Jamais terá essa m… de sertanojo. Seria uma infâmia, uma mácula ao festival. Blasfêmia! Quer levar porrada? Então vá pra Barretos!

      • Lucas Flores

        tem certeza?
        me diga uma coisa, o que o pop e o eletrônico estão fazendo no festival que tem rock no nome?

  • Alexandre Santos

    Rihanna ….. sob efeito de algo e muito dinheiro no bolso…caô realmente nesse show chutado sem tempo nem para ela respirar…se bem q nem precisava ja q foi playback na maioria

ROCK CABEÇA no seu email!

Quer ler mais notícias como essa, diariamente?
Escreva seu email para receber todas as atualizações do site, direto na sua caixa de entrada. É gratuito e sem Spam

Não se esqueça de clicar no email de confirmação!

ROCK CABEÇA no seu email!

Que tal fazer parte da realeza do rock, com artigos exclusivos sobre os maiores astros e os melhores shows do mundo?

I’m the Prince of Darkness” - Ozzy

Não se esqueça de clicar no email de confirmação!