[PREMIERE] “Ficou tudo horrível”: Aknus e seus bichos escrotos