Roboto + Renovier ao vivo nA Obra em BH

Não tem como eu iniciar essa resenha sem um mea culpa. Não consigo ir a muitos shows em Belo Horizonte. Mas não porque eles não existam – e existem aos montes, de segunda a segunda, acredite. É que a rotina diária de Rádio Inconfidência, onde não só sou responsável pela produção/edição/apresentação do semanal Rock Cabeça e a programação musical do Esse Tal de Rock and Roll, como sou o editor “chefe”, digamos, dos 2 jornais da emissora. Fora isso, vocês sabem: cachorro de estimação (que me demanda o dia inteiro, se puder), carreira paralela em marketing digital e um sem número de outras coisas que não são relevantes nessa circunstância.

Feita a introdução, impossível não dizer que me espantei com a vazieza de umA Obra, em plena quinta à noite, metade do mês, com 2 ótimas bandas – ao menos, minha opinião – e uma taxa de entrada completamente irrisória para quem toma uma ou duas long-necks nos fins de semana.  Mais ainda, eu me espantei com a naturalidade dos músicos e pequeno público presente. Ainda na portaria, Rafael Menezi, frontman da Renovier, simplesmente decidiu. “Ah, gente, vamos começar o show? Quero tocar”. E assim fomos nós para o primeiro show da noite, pouco antes das 22h.

Roboto

Fã enlouquecido ao lado de Breno, da Roboto

Tem alguma coisa errada aí, minha gente. Underground não é mais sinônimo de amadorismo, na maior parte dos casos, e o Rock Cabeça tenta ser um filtro, na medida do possível, para ajudar a audiência a separar não só o joio do trigo, mas ter referências para entender em qual patamar se encontra essa ou aquela banda. Afinal, o talento, a competência e a inspiração são atributos que podem muito bem acometer tanto um Paul McCartney quanto um Menezi/China (duo do Renovier).

E por isso que, apesar do cansaço e da dificuldade de sair da rotina doméstica, resolvi dar uma chance para mim mesmo e curti – muito – os 2 quase “pocket shows” promovidos pelA Obra. E para abrir um parênteses, Claudão e os demais estão de parabéns eternos por entenderem a importância de se abrir um palco para bandas do nosso underground, mesmo que isso lhes signifiquem prejuízo. Se o prejuízo material pode ser grande, pode ter certeza que a satisfação e a memória envoltas em cenas como as dos shows dessa quinta-feira são inestimáveis.

Ah, mas e os shows? Bom, conforme já inferi, os shows foram excelentes, e a Roboto, inclusive, apresentou músicas do novo single (a versão mineira de “Chinese Democracy”). Mas não irei contar muito mais, no melhor espírito do “quem não foi, perdeu”. Pois é. Sabe o show do Renovier + Roboto nA Obra?

QUEM NÃO FOI, PERDEU!!!!!

Mas aqui vai um bônus de colher de chá:

Confira a performance da Renovier no palco:

Confira a performance de “Abismo”, música nova da Roboto:

E então, o que achou dos shows da Roboto e da Renovier? Diga pra nós aí nos comentários!!!!

DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO

ROCK CABEÇA no seu email!

Quer ler mais notícias como essa, diariamente?
Escreva seu email para receber todas as atualizações do site, direto na sua caixa de entrada. É gratuito e sem Spam

Não se esqueça de clicar no email de confirmação!

ROCK CABEÇA no seu email!

Que tal fazer parte da realeza do rock, com artigos exclusivos sobre os maiores astros e os melhores shows do mundo?

I’m the Prince of Darkness” - Ozzy

Não se esqueça de clicar no email de confirmação!