[PREMIERE] Superama: superego com pitada de pós-punk

A novidade belo-horizontina Superama traz consigo pelo menos uma verdade fácil de engolir: a Kill Moves estará sempre a 6 graus de separação de todo o cenário independente mineiro. É que a Superama também surge de um ex-integrante da Kill Moves, no caso, o guitarrista Clayton Vilaça, que ainda em 2019 idealizou o projeto paralelo à eterna banda do frontman Vitinho.

"Mr. Wise", ou em português maroto "Sabichão", foi a faixa escolhida para o requintado debut deste quinteto, dentre as 8 produzidas por eles em plena pandemia com a chancela de Leo Marques em sua legendária Ilha do Corvo. E usá-la como primeira música de trabalho da banda não ocorre por acaso: "sua escolha representa a identidade do superama, é nossa carta de apresentação", afirma Vilaça.

João Paulo Vale liderando a fila da Superama (Foto: Fred Wertz)

Tem sido uma experiência muito legal (tocar na Superama). Até mesmo porque, estou tocando com amigos de longa data, com os quais já tive o prazer de dividir outros projetos musicais em outras oportunidades. Então, meio que está “tudo em casa”. Estamos ansiosos pra ver o que o futuro nos reserva nesta nova empreitada!

João Paulo Vale - Baterista

Entre as principais influências, a Superama enfileira clássicos indiscutíveis do pós-punk, como The Cure, The Smiths e The Jesus and Mary Chain, sem negar a pegada indie e britpop de medalhões como Stone Roses e The Verve, que, particularmente, ressoa forte em "Mr. Wise".

I never disappoint my own ego

"Mr. Wise"

A SUPERAMA é formada por cinco egos ao todo. São eles: Eduardo Melo (voz), Clayton Vilaça (guitarra), Carlos Braga (guitarra), Eduardo Soares (baixo) e João Paulo Vale (bateria). Segundo a própria banda pontua, as letras, compostas em inglês e assinadas por Melo, "tocam em temas como a dinâmica dos relacionamentos interpessoais, autoimagem e as vicissitudes da vida adulta", um combo que move até hoje algumas das melhores melodias já produzidas no pop-rock mundial e que agora ganha novo formato com o trabalho quase artesanal da Superama. Dúvida de que ela também chegou para ficar? A comprovar (ansiosamente) nos próximos singles!

Entrevista com Clayton Vilaça, guitarra da Superama:

RC - Por que a escolha de Mr. Wise como primeiro single do Superama?

CV - Mr. Wise é a música que norteia toda a criação do álbum. As referências de sua composição, que vai do post punk dançante nos versos, até o refrão carregado com guitarras distorcidas e melodias de voz, comuns ao brit pop, são marcas na maioria das canções.

RC - Como o estilo de produção de Léo Marques influenciou nas gravações do trabalho de vocês?

CV - Sabíamos que as referências de timbres que buscávamos para a produção do disco seriam facilmente reproduzidas na Ilha do Corvo, estúdio do Léo Marques, que possui uma diversa gama de equipamentos e instrumentos vintages. Para além da parte técnica, o Léo possui uma trajetória na música, seja como artistas ou produtor, que facilitaria muito a compreensão da nossa busca. A finalização das gravações no nosso home Studio foi feita por mim, pois queríamos mais tempo para experimentar as composições, testando melodias, letras e timbres, sem a pressão financeira e de tempo. Esse fator foi crucial para o resultado final, mesclando texturas e técnicas diferentes para a produção.

Confira o primeiro single da Superama: "Mr. Wise"

Ficha Técnica

  • "Mr. Wise" gravada na Ilha do Corvo - por Léo Marques
  • Mixagem e Masterização por Alexis Gotsis
  • Finalização Clayton Villaça
  • Foto da Capa do Single: Carlos Alberto Oliveira (Carlão)
superama

Segundo JP Valle, a foto que ilustra o single é um registro feito pelo fotógrafo Carlos Alberto Oliveira (Carlão), que cedeu a imagem para banda. Ele, que também é bem conhecido na cena independente de Belo Horizonte, fez essa foto usando uma câmera analógica. "Batemos o olho nela e falamos: pronto! Temos a capa do single", relembra o baterista.

Escute "Mr. Wise" no player da Spotify:

Relembre uma das entrevistas mais loucas do Rock Cabeça com bandas irmãs da Superama:

E então, o que achou da sonoridade da Superama? Deixe suas impressões aí nos comentários!

DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO

ROCK CABEÇA no seu email!

Quer ler mais notícias como essa, diariamente?
Escreva seu email para receber todas as atualizações do site, direto na sua caixa de entrada. É gratuito e sem Spam

Não se esqueça de clicar no email de confirmação!

ROCK CABEÇA no seu email!

Que tal fazer parte da realeza do rock, com artigos exclusivos sobre os maiores astros e os melhores shows do mundo?

I’m the Prince of Darkness” - Ozzy

Não se esqueça de clicar no email de confirmação!