Nasi abre o verbo

O rock nacional pode se gabar por contar com tesouros como o Ira! e personalidades ricas como Nasi, que transitam com tranquilidade pelo território do rockenroll, política, quadrinhos, entretenimento, futebol e costumes. Sim, o cara é e sempre foi polêmico, apesar de hoje em dia permanecer focado nos produtos do Ira!, como o ultra-acústico Ira! Folk, que em breve deve virar um álbum.

Prestes a desembarcar com o show de 35 anos de Ira! em Belo Horizonte, o simpático Nasi bateu um ótimo papo comigo sobre questões como Brasília, rock mineiro, Samuel Rosa, Fernanda Takai, Logan, Kid Vinil e Chris Cornell. E o melhor de tudo é que ele encadeia tudo numa lógica própria, a lógica de Nasi, o cara que é um dos co-responsáveis por petardos que marcaram época como “Envelheço na Cidade” e “Dias de Luta”.

ira_folk_2016_-_credito_carina_zaratin_1w

Confira, na íntegra e sem cortes, a entrevista de Nasi para o quadro Rock Cabeça do programa Esse Tal de Rock and Roll da Inconfidência FM:

E você, também curte o Ira! e é fã do Nasi? Diga pra nós aí nos comentários! 

DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO

ROCK CABEÇA no seu email!

Quer ler mais notícias como essa, diariamente?
Escreva seu email para receber todas as atualizações do site, direto na sua caixa de entrada. É gratuito e sem Spam

Não se esqueça de clicar no email de confirmação!

ROCK CABEÇA no seu email!

Que tal fazer parte da realeza do rock, com artigos exclusivos sobre os maiores astros e os melhores shows do mundo?

I’m the Prince of Darkness” - Ozzy

Não se esqueça de clicar no email de confirmação!