Malved: porrada fantasma

O quão malvada pode ser ou se tornar uma banda? Malvada a ponto de roubar nossa atenção no primeiro acorde, escancarando a caixa de som e decretando a morte da mesmice no underground mineiro: seja por conta da sonoridade ousada ou do figurino extraído de slasher movies. Estou me referindo a um verdadeiro achado, um duo vindo lá de Patrocínio, no Triângulo, que mistura bizarrices, luz fosforecente, White Stripes, Black Sabbath, Faith No More e stoner rock como nenhum gringo já pensou em misturar... O Malved é isso e mais uma pitada de podridão, pois em plena rebordosa do coronavírus nos brinda com a traumatizante "Virus", cujo refrão gruda e não desgruda tal como um ataque virótico.

Virus é nosso single novo: virus  simplesmente porque destruímos tudo  e todos em tempo integral. O Malved usa apenas baixo e bateria, dando  ao som uma sonoridade pesada e bem suja. Divirtam-se!

Marcelo Cocão - Baixo e Voz Malved
Nós somos um vírus

Sobre o Malved

Malved não é um duo nascido das trevas, mas de Patrocínio, no Triângulo Mineiro. Tudo começou em 2018, quando a banda ainda era um trio. E como trio, lançaram três singles: "The néctar of the Gods", "I'm work" e "Two million years". Em 2020, temos apenas baixo e bateria, cortesia de Marcelo Cocão (baixo e voz) e Rômulo Fernandes (bateria). Da nova formação, vieram 3 singles: "My Ritual", "Signal lost" e "Rotten". o duo faz uma mistura bem elaborada de Stoner Rock,Trash metal e Groove Metal e prometem pelo menos mais 3 singles para 2021. "É um momento muito bom para nós", revela Cocão, especialista na porrada fantasma que resume bem o potencial da música do Malved.

2 toques com Marcelo Cocão do Malved

Cocão: Vai um trago aí?

RC - A faixa "Virus" foi escrita com algum personagem em mente?

MC- "Vírus" é nosso sétimo single é só veio mostrar o que todos já sabemos: que o ser humano destrói tudo e todos ao seu redor, inclusive ele mesmo.

RC - Como foi definida a estética (fosforecente) e incógnita da banda? O objetivo é concentrar a atenção na música apenas?

MC - É uma mistura de vários elementos: A HQ("Os invisíveis", de Grant Morrison), "Matrix","1984" e por aí vai... As máscaras são pelas letras de protesto, além do impacto e do clima que fixa com as músicas. Sempre tocamos de máscaras, aliens, animais, caveiras, afinal, Malved começou com a ideia de um som pesado e sem identificação e o verde fosforecente veio em nome da natureza.

Confira o vídeo de "Virus" do duo Malved

E então, o que você achou do som empolgante do Malved? Deixe suas impressões nos comentários abaixo!!!

DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO

ROCK CABEÇA no seu email!

Quer ler mais notícias como essa, diariamente?
Escreva seu email para receber todas as atualizações do site, direto na sua caixa de entrada. É gratuito e sem Spam

Não se esqueça de clicar no email de confirmação!

ROCK CABEÇA no seu email!

Que tal fazer parte da realeza do rock, com artigos exclusivos sobre os maiores astros e os melhores shows do mundo?

I’m the Prince of Darkness” - Ozzy

Não se esqueça de clicar no email de confirmação!