3 rock stars que (quase) se mataram

Flertar com a morte é o passatempo favorito dos artistas que fazem questão de incorporar ao seu dia a dia de shows e muita badalação a batida máxima do “Sexo, drogas e rock and roll”.

rock-suicide-rock-cabeca

E não é que o estilo de vida destrutivo de alguns, permeado por excessos de todo tipo, do álcool a heroína, realmente acaba levando-os para o outro lado, abreviando carreiras promissoras, numa espécie de suicídio inconsciente?

No entanto, há os rock stars que, por mais que deliberadamente cheguem a tentar o suicídio, ganham uma segunda chance.  Reparar os erros cometidos, reconstruir a carreira, arcar com as sequelas ou até mesmo abandonar a fama: são questões com as quais os 3 artistas abaixo precisam lidar diariamente. Confira:

Dave Gahan (Depeche Mode):

dave-gahan-rock-cabeca

Se você hoje pode escutar um álbum novo do Depeche Mode, acredite: trata-se de um verdadeiro milagre. O vocalista Dave Gahan já esteve tão mergulhado nas drogas que só não partiu dessa para melhor porque Deus não quis. Ainda bem, ou então não seríamos presenteados com tantos bons discos  que o cara fez depois de ter tentado se matar cortando os pulsos com uma lâmina de barbear em 1994 num clube noturno, pouco depois do lançamento do aclamadíssimo “Songs of Faith and Devotion“.

Kiko Loureiro Music Business

Ozzy Osbourne:

ozzy-rock-cabeca

O futuro vocalista do Black Sabbath teria tentado se suicidar quando ainda era adolescente, num ato desastrado. O pequeno John Michael Osbourne improvisou uma forca, subiu numa cadeira e pulou, porém, foi contido a tempo pelo seu pai. Muito tempo depois, já famoso, Ozzy tentaria matar a própria esposa, Sharon, tentando estrangulá-la, no auge das drogas e da paranoia, como se estivesse possuído. Hoje lesado, no entanto, reabilitado, Ozzy ressente-se do fato.

Pete Doherty (The Libertines):

pete-rock-cabeca

O tresloucado ex-vocalista do Libertines afirmou à imprensa que já tentou se suicidar, o que não é de se espantar, graças ao seu estilo de vida problemático que levou ao fim precoce uma das maiores bandas pós Brit-pop. O músico teria tentado se matar aos 30 anos de idade. De acordo com Doherty, ele estava bêbado em um hotel em Paris e queria se jogar da janela. Rumores de que o ato impensado foi por ciúmes da modelo – e também “drogadita” de ocasião – Kate Moss, será? Mais um episódio para a coleção de polêmicas de Doherty.

Dave, Ozzy e Pete são grandes astros do rock, mas sujeitos a vícios e fraquezas como qualquer pessoa comum. Pudera o “Deus do Rock” ter a mesma clemência com outros artistas que passaram o mesmo perrengue mas jamais obtiveram uma segunda chance, né?

Conhece mais astros que tentaram se matar em vão? Conta para nós e enriqueça esse post!

 

DEIXE AQUI SEU COMENTÁRIO

ROCK CABEÇA no seu email!

Quer ler mais notícias como essa, diariamente?
Escreva seu email para receber todas as atualizações do site, direto na sua caixa de entrada. É gratuito e sem Spam

Não se esqueça de clicar no email de confirmação!

ROCK CABEÇA no seu email!

Que tal fazer parte da realeza do rock, com artigos exclusivos sobre os maiores astros e os melhores shows do mundo?

I’m the Prince of Darkness” - Ozzy

Não se esqueça de clicar no email de confirmação!